BIO

    Enquanto muitos reis de Israel pediam a Deus riqueza, poder, e que os inimigos fossem derrotados,                                      
      eu seguiria o exemplo do rei Salomão que pediu sabedoria.

      O que adianta fama e talento se não temos a sabedoria na vida pra administrar as coisas?    

 

Nascido no dia 03 de junho de 1989, Samuel Alves é adotado por Luís e Raquel Alves, após ser abandonado na porta da residência do casal cearense, com dois dias de vida. Aos quatro anos de idade, Sam vai para os EUA, onde seus pais já moravam há um ano, na cidade de Fall River, em Massachussets. Religiosa, a família Alves dá a Sam uma educação baseada na doutrina Cristã Evangélica. Após se formar na oitava série, em 2003, Sam passa a ser treinado por Raquel para cantar na igreja. Ele faz sua primeira aparição pública ao lado da mãe e, em seguida, canta sozinho em uma igreja da cidade de Clinton. Em outubro do mesmo ano, Sam e sua mãe voltam ao Brasil, para o trabalho missionário. Eles também ajudam na construção de uma nova igreja em Brasília, capital do País. Em 2007, Sam lança um CD independente, gravado em dueto com sua irmã, Samara. No repertório aparecem suas primeiras composições. Em seguida, Sam e Raquel voltam para Clinton, onde seu pai permanecera. Após a separação e o divórcio de Luís e Raquel, Sam fica morando com a mãe. Enquanto Raquel luta para manter a casa, em meio à recessão econômica norte-americana, Sam passa a cantar em igrejas de New York e New England. Em 2009, ele é convidado para participar do coral do cantor e compositor de música gospel Michael W. Smith. Esta participação o leva a ser escalado para o papel de Jesus Cristo no musical ‘Dave singers’, numa série de apresentações em New England. Pouco depois, Sam passa a conduzir uma equipe de louvor e adoração de um grupo jovem, de uma grande igreja, na parte central de Massachussets. Após trocar o curso de medicina pela cadeira de música, na Universidade Worcester State, Sam participa do coral da Universidade, que o leva a uma turnê em Portugal. 

No outono de 2012, ele deixa de ser o líder do grupo jovem da igreja para se concentrar em sua carreira solo. Sam participa da uma chamada da 4ª temporada do programa ‘The Voice’, da rede NBC, na qual canta ‘Breakeven’, da banda Script. Na audição para os jurados, em abril de 2013 – famosa “Blind Audition” –, ele interpreta a música ‘Feeling good’, de Michael Bublé. De volta ao Brasil em outubro do mesmo ano, Sam compete nas audições para os jurados da versão brasileira do ‘The Voice’, cantando ‘When I was your man’, de Bruno Mars, e conquista os quatro jurados. Sam escolha cantora Claudia Leitte como sua mentora. Disponibilizada na loja do iTunes Brasil, a versão de ‘When I was your man’ fica em primeiro lugar em downloads, à frente da canção original. Na segunda rodada, Sam canta ‘A thousand years’, tema da trilogia cinematográfica ‘Crepúsculo’. Para a fase eliminatória, Sam escolhe ‘Pais e filhos’, sucesso da banda Legião Urbana.  O sucesso ‘Mirrors’, do astro Justin Timberlake, é a opção de Sam na fase seguinte. Na seminal, Sam interpreta ‘Você existe em mim’, do repertório de sua mentora, Claudia Leitte, recebendo 20 pontos da cantora e 84% da votação do público, qualificando-se para a final. Com uma versão bilíngue de ‘Hallelujah’, de Leonard Cohen, Sam Alves vence a 2ª edição do ‘The Voice Brasil’, recebendo 43% dos mais de 29 milhões de votos. Como parte da premiação, ele grava um CD “Sam Alves” pela Universal Music e alcança o topo da lista de vendas do iTunes. A turnê de lançamento leva o novo ídolo nacional a percorrer diversas cidades de seu País natal.

Com a carreira em ascendência, Sam confirma sua popularidade, ganhando o Prêmio Multishow 2014, na categoria ‘Experimente’, com 800 mil votos. Os números se tornam ainda mais expressivos na Internet, onde Sam possuiu mais de 2 milhões (2.200 mil) de seguidores – chamados de “samurais” – no facebook, 367 mil no Instagram e 104 mil no Twitter – até a última contagem. Neste período, Sam Alves também recebeu diversos convites de artistas internacionais para dividir o palco, entre os nomes estão: Christian Perri, David Bisbal e David Garret. Em março de 2015 é lançado o novo CD de Sam Alves, ‘ID’, com direção artística de Paul Ralphes. Sem perder tempo, Sam e sua banda caem na estrada, com a nova turnê homônima.